MP pede na Justiça que Cabral e empreiteiras devolvam R$ 394 milhões


O Ministério Público do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção, ajuizou uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa com ressarcimento contra o ex-governador Sérgio Cabral, dirigentes da Riotrilhos e o grupo Odebrecht por dano de mais de R$ 394 milhões. O dano apontado é oriundo da prática de superfaturamento e sobrepreço nas obras. A Ação também pede a condenação por sanções à Lei de Improbidade Administrativa.