CBF é condenada a pagar R$ 20 milhões para Icasa por erro de 2013


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a CBF a pagar mais de R$ 20 milhões ao Icasa, time do interior do Ceará, por danos morais e materiais. O caso se refere a um imbróglio que impediu o time cearense de disputar pela primeira vez a Série A do futebol brasileiro. Em 2013, o Icasa terminou em quinto lugar na Série B e os dirigentes cearenses denunciaram que o Figueirense entrou com um jogador irregular. Na época, a CBF admitiu o erro mas informou o já que havia se passado muito tempo. ACBF disse que só vai se manifestar depois de conhecer o teor completo da decisão.